Governo e Prefeitura de Capixaba firmam parceria em ações ambientais e do agronegócio

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), tem firmado parcerias com as prefeituras para apoiar ações ambientais e também do agronegócio. Um acordo de cooperação técnica (ACT) será assinado entre a Sema e a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Capixaba para oficializar a colaboração. Ainda neste primeiro semestre, será implementada uma agroindústria no município.

Secretário de Meio Ambiente, Israel Milani, em Capixaba, reunido com o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Sandro Marcelo de Melo. Foto: Assessoria Sema.

Equipamentos e maquinários para implementar cinco agroindústrias no Acre já foram entregues pelo governo, por meio da Sema, num total de quase R$ 900 mil em investimentos. A próxima entrega será realizada no Assentamento Nova Promissão, no município de Capixaba.

O Secretário de Meio Ambiente, Israel Milani, em Capixaba na manhã desta quarta-feira, 3, reunido com o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Sandro Marcelo de Melo, reforçou o compromisso com os produtores rurais. “É uma determinação do governador Gladson Cameli descentralizar a pasta ambiental e apoiar as ações do agronegócio familiar”, explicou.

Um acordo de cooperação técnica (ACT) será assinado entre a Sema e a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Capixaba. Foto: Assessoria Sema.

Para Sandro Marcelo, o auxílio é fundamental. “É a nossa maior necessidade no município: apoiar o pequeno produtor. Estamos trabalhando e, com o apoio do Estado, vamos ter a possibilidade de conseguir assistência técnica, maquinário e o que mais for necessário. Já conversei com o secretário de Produção e Agronegócio do Estado, Edivan Maciel, e estamos também contando com o apoio da Sema, com Israel Milani”, relatou o secretário municipal.

Israel destacou ainda que este ano foi alocada na Sema uma emenda da deputada federal Vanda Milani, no valor de R$ 7,3 milhões, para o desenvolvimento da agricultura familiar e do Programa de Regularização Ambiental (PRA). “Além da emenda, teremos também a implementação do PRA, com 70 hectares destinados a Capixaba. Uma maneira viável de o produtor obter sua regularização ambiental e ainda poder ganhar dinheiro com isso”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *