Polícia Federal cruza os braços por 24 horas

Noventa por cento do efetivo da Polícia Federal cruzou os braços nesta quinta-feira. Papiloscopistas, escrivães e agentes, lotados na Superintendência de Rio Branco, aderiram ao movimento deflagrado em todo o país.

Esta é a quarta paralisação do ano realizada pela categoria. Entre as principais reivindicações, está a reestruturação da categoria, o aumento do efetivo e também a aprovação da chamada PEC DA PAZ.

O movimento cobra também o fim da interferência do governo nas ações e operações realizadas pela Polícia Federal em todo país. No ano passado paralisou as atividades por 76 dias.

Uma nova greve não está descartada. No Acre, o movimento concentrou-se em frente a Superintendência da Polícia Federal.

(Ecimáiro Carvalho)

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *