Publicado em 23 de dezembro de 2017

Interpretação de textos

Com todas as letras

Interpretação de textos

Professora Nayra Claudinne Guedes Menezes Colombo

 

Qual sua maior dificuldade na hora de ler e compreender um texto? Você acha difícil interpretar qualquer gênero textual ou essa é uma tarefa que você tira de letra? Antes de qualquer coisa é importante saber que cada texto que lemos ou escrevemos tem um objetivo: informar, divertir, alertar, vender, prescrever ou seja lá o que for. Todos os textos cumprem um papel comunicativo e esse já é um excelente indício para sua compreensão total.

O objetivo da interpretação é retirar dos textos suas ideias principais, secundárias, argumentos, explicações e todas as informações relevantes que permitam compreender o que o autor quis transmitir. Para isso, é possível lançar mão de elementos linguísticos e não linguísticos, ou seja, não só as palavras comunicam, mas toda a tessitura textual, da palavra escolhida à fonte utilizada na impressão do texto.

Além disso, a interpretação textual varia de pessoa para pessoa porque ao lermos um texto fazemos uma troca: recebemos informações, mas também levamos nossos conhecimentos prévios sobre diversos temas. Por esse motivo, quanto mais nós lemos, mais nós temos condições de compreender textos variados, assuntos diversos. Um bom exemplo disso são os textos jornalísticos, pois nem sempre o assunto tratado é de domínio de todos, mas a maneira como é escrito e editado pode contribuir ou não para uma melhor compreensão.

Levando isso em conta, podemos dizer que a interpretação textual pode ser comparada a um iceberg, pois a parte óbvia do que está sendo dito logo se vê, assim como a ponta do iceberg, mas o que está subentendido é o maior desafio, a maior parte, como a base submersa do grande bloco de gelo. Para desvendarmos o que não salta à vista devemos lembrar da semiótica, ciência que estuda os signos e que compreende que todas as linguagens e as manifestações culturais são passíveis de interpretação.

Portanto, ao nos depararmos com um texto, seja ele verbal ou não verbal, tenhamos consciência de que tudo comunica, a música, as cores, a fotografia, o teatro, o tom de voz, o olhar, as imagens, a moda, os gestos e todos os signos que estão em nossa volta. Ao abrirmos os olhos para todas as possibilidades interpretativas e não somente para o evidente, perceberemos que muito pode ser compreendido e que até o não dito nos transmite informações.

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)