“Abram a porta! Não se escondam! Não sejam covardes”, gritam grevistas da saúde

Entoados pelo refrão da música “bem feito, quem mandou votar no homem?”, manifestantes da área da saúde no Acre, que declararam greve geral nesta terça-feira (10), por tempo indeterminado, ocupam a frente da Casa Civil do governador do Estado e aos gritos de palavras de ordem, apelam para que sejam atendidos.

“Abre a porta! Não se escondam. Não sejam covardes”, gritam os manifestantes.

O apelo ao vice-governador em exercício Major Rocha (PSDB), é que o chefe do executivo, Gladson Cameli, encontra-se na Alemanha, segundo informações da imprensa oficial, em busca de recursos provenientes de crédito de carbono.

Os trabalhadores da saúde, reivindicam perdas salariais, melhores condições de trabalho, contratação de mais pessoal e segurança nos hospitais.

Com a manifestação, a Avenida Brasil no Centro de Rio Branco foi interditada. O fluxo de veículos e corredores se ônibus vem sendo desviado por agentes da RBtrans pela Getúlio Vargas.

Folha do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *