Publicado em 2 de outubro de 2017

Bandeira vermelha patamar 2 será cobrado em outubro

Desde quando foram instituídas as bandeiras tarifárias de energia elétrica, em 2015, esta é a primeira vez que será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, cuja a taxa adicional é de R$ 3,50. Segundo a agência nacional de energia elétrica, ANEEL, o fator que determinou o acionamento da bandeira vermelha patamar 2 foi o aumento do custo de geração de energia elétrica. Um dos fatores para este aumento é a forte estiagem, o que diminui o volume de água nas hidrelétricas e faz com que a geração de energia seja feita de outras formas.

Os consumidores já se sentem tão lesados que preferem não gravar entrevistas pois dizem que não adianta mais reclamar, mas basta uma pequena enquete nas redes sociais para começar as reclamações. Na maioria dos casos, as reclamações são dos aumentos que os consumidores entendem como abusivos. Onde os valores das faturas praticamente dobram de preço. Contudo, o presidente da Eletrobras explica que o valor de R$ 3,50, referente a tarifa vermelha patamar 2, não é multiplicado pelos kwh, mas sim acrescentado a tarifa que já é fixa, cujo o acréscimo é a cada 100 kwh.

Rose Lima

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)