Bloco Urubu Cheiroso volta ao carnaval após 25 anos

Resgate de um carnaval majestoso. Assim os carnavalescos Eró Chaves e Álvaro Mendes definem a volta do Urubu Cheiroso ao carnaval de Rio Branco, após 25 anos.

O bloco, uma das mais tradicionais agremiações da cidade, desfilará com o “Arrastão do Urubu”, na terça-feira de carnaval, 4 de março. A concentração será a partir das 13 horas, em frente ao antigo Colégio Meta, na Epaminondas Jácome.

Com o tema “Nem melhor, nem pior, apenas diferente”, o bloco sairá em desfile, a partir das 16 horas, até o Calçadão da Gameleira, atrás do trio elétrico, acompanhado por uma banda com 30 componentes e cinco intérpretes. Metais, sopros, percussão, bateria e outros instrumentos embalam sambas-enredo, marchinhas e outros sucessos. A ideia, segundo seus organizadores, é apresentar um carnaval alternativo e cultural.

“Além do repertório tradicional, faremos algo ao estilo do grupo carioca Mono Bloco, que toca sucessos da MPB em nova roupagem. Preparem-se para escutar Tim Maia, Raul Seixas, Elba Ramalho e outros”, disse Álvaro Mendes.

O bloco – A história do Urubu Cheiroso é feita de muitas vitórias. Foi a partir de 1983 que um grupo de amigos, amantes do carnaval de rua, criaram o bloco e saíram pelas ruas do centro da capital, até 1986. O Urubu ficou conhecido como um bloco de sujos.  Na época, conseguia arrastar cerca de 10 mil foliões pelo centro da cidade, com todo um apelo carnavalesco que ia desde a composição de seus sambas-enredo até a organização, união e garra. Isso lhe rendeu o convite para fazer parte do grupo oficial do carnaval da cidade. Assim, até 1991 ganhou todos os carnavais.

“Nos nossos encontros falávamos em voltar com o Urubu. Foram 25 anos e, agora, não tem momento melhor, com a retomada de um carnaval alternativo e cultural, feito pelas comunidades com o apoio do poder público”, comentou Eró Chaves.

Os abadás do bloco estão sendo vendidos a R$ 30 (adulto) e R$ 15 (infantil), pelos celulares 9281-2310 (Eró Chaves) e 9963-7074 (Álvaro Mendes).

Agência de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *