Com início do calendário de pagamento, banco pede que pessoas evitem aglomerações

Começa nesta terça-feira (24), no Acre, o pagamento dos salários do funcionalismo público estadual. Para evitar aglomerações de pessoas nas agências do Banco do Brasil, onde a maior parte dos servidores recebe, o superintendente Márcio Carioca recomenda que os clientes procurem os espaços em horários alternativos e onde há menor fluxo.

A ideia é evitar a propagação do coronavírus, que já infectou 11 pessoas no estado. A preocupação é ainda maior porque os primeiros a receberem os salários serão os aposentados, formado em sua maioria por idosos que estão no grupo de risco para formas graves da Covid-19, doença provocada pelo novo vírus.

O superintendente recomenda ainda que não apenas os servidores do estado, mas todos os clientes do BB passem a usar com mais frequência a função débito do cartão para reduzir a necessidade de ir às agências e também para não haver manuseio de dinheiro, que é uma das possíveis formas de contato com o coronavírus.

Funcionários do BB estarão nos salões de autoatendimento com máscaras para orientar os usuários a manterem distância segura uns dos outros e auxiliá-los para que a presença nas agências se dê pelo menor tempo possível.

“Pedimos a todos que evitem se dirigir ao banco ao mesmo tempo para que a procura pelos caixas eletrônicos se dê com muita tranquilidade e segurança. Peço ainda que só se dirijam aos terminais quando houver real necessidade e que essa ida aconteça ao longo do dia, ao invés da primeira hora”, disse Carioca.

Os atendimentos presenciais no Banco do Brasil estão restringidos apenas para situações de extrema urgência. A higienização dos espaços foi reforçada para garantir a segurança dos usuários.

O calendário de pagamento do funcionalismo público estadual vai até o dia 31 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *