Coronavírus: Gladson analisa suspender aulas no Acre e proibir aglomeração de pessoas

Em entrevista coletiva realizada no Palácio Rio Branco, na manhã de segunda-feira (17), o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), classificou a situação da pandemia do coronavírus como gravíssima e afirmou medidas como suspensão das aulas no ensino público e proibição de aglomeração de pessoas durante período de quarentena.

Cameli afirmou ainda que ainda esta manhã será publicado um decreto chamando os funcionários da Educação, Segurança e Saúde que estejam afastados ou de férias.

O governador afirmou ainda que em caso de confirmação de coronavírus no Acre, haja vista que por enquanto há apenas casos suspeitos, será criado um lugar específico para atender os pacientes.

“Não queremos causar alarde, mas a situação é gravíssima, haja vista que temos ainda o fator das nossas fronteiras”, diz.

Gladson Cameli também anunciou que todas as suas agendas para fora do estado foram adiadas por tempo indeterminado.

“Até mesmo o encontro com os governadores não irei, pois o momento existe que estejamos aqui”, diz.

Participaram da reunião o promotor de Defesa da Saúde, Gláucio Oshiro, o médico Thor Dantas, o secretário de Saúde, Alysson Bestene, o chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, e o secretário de Segurança Pública, Paulo César.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *