Corpo de Bombeiros orienta sobre manuseio de fogos de artifícios

Com as festas de fim de ano, muitas pessoas têm o hábito de celebrar com fogos de artifícios. Utilizados em momentos de comemoração, principalmente na virada do ano, esses artefatos trazem grandes riscos de acidentes. O Corpo de Bombeiros relacionou algumas recomendações que devem ser seguidas para que as festas sejam tranquilas.

Os acidentes com fogos de artifício podem variar desde queimaduras externas, internas e nas vias aéreas, amputações traumáticas e até levar à morte.

Precauções devem ser adotadas para que a alegria não se transforme em tragédia, como explica o major do Corpo de Bombeiros Militar do Acre Cláudio Falcão.

“A primeira orientação é não comprar fogos de artifício em estabelecimentos clandestinos, pois somente em lojas credenciadas os vendedores são treinados para orientar os usuários sobre as medidas de segurança necessárias no manuseio dos artefatos”, explica.

Falcão ressalta ainda que outro detalhe importante é não deixar que crianças que manuseiem os fogos procurem comprar esses produtos em lojas que não tenham a autorização do corpo de bombeiros e evitar soltar os fogos diretamente com a mão. “Em caso de acidentes, a indicação dos bombeiros é cobrir a queimadura com um pano limpo e procurar atendimento médico imediatamente”, alerta o major.

Cuidados mínimos

Recomenda-se a distância de pelo menos 10 metros das residências para que se possa estourar os fogos de artifício. As pessoas não devem apontar a pistola para outras residências e devem verificar se na trajetória não tem nenhum objeto acima que atrapalhe, pois, se houver algum objeto na direção dos fogos, o artefato pode bater e descer em uma direção que possa ocasionar uma explosão.

Quem utiliza mais de dez caixas de fogos ou baterias prontas precisa solicitar uma vistoria dos bombeiros para verificar se têm instalações elétricas próximas, depósitos de gás ou de combustíveis.

Com mais de uma bateria de fogos, é necessário ter uma pessoa especializada, um técnico que vai assinar uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ACR). Vizinhos que se reúnem para comprar baterias não podem simplesmente acender, precisam ter fiscalização, técnico e cuidados específicos.

Solicite uma vistoria

Quem deseja realizar uma produção de queima de fogos em grande quantidade deve procurar uma vistoria do Corpo de Bombeiros.

Para isso, é necessário solicitar uma vistoria na Diretoria de Atividades Técnicas, localizada na Rua do Aviário, ao lado do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Para outras informações, entrar em contato pelo (68) 3224-6476.

Por Marcelo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *