Diretor do Huerb deve pedir para sair da direção de hospital após tensa reunião com governo

Diretor do Huerb deve pedir para sair da direção de hospital após tensa reunião com governo

Em meio à polêmica com supostas irregularidades cometidas pelo diretor do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), Welber de Lima, e a reunião com a alta cúpula do governo na manhã desta sexta-feira (7). Lima decidiu que irá deixar o cargo, no entanto, aguarda apenas a chegada do governador Gladson Cameli (Progressistas).

A informação foi repassada por interlocutores do governo presentes na tensa reunião que, pela primeira vez, teve a presença da nova secretária de Saúde, Mônica Feres. “Pelo o que vi na reunião, eu posso dizer que Welber deve deixar o cargo. Ele vai pedir pra sair”, explicou a fonte que pediu para manter sua identidade em sigilo  já que a informação é extraoficial e depende da palavra final de Cameli.

Denúncias revelam que o gestor público estaria realizando consultas particulares em uma clínica em Rio Branco durante o horário de expediente em que deveria estar atuando como diretor do maior hospital do Acre. No portal da transparência, o diretor figura com salário de R$ 22 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *