Publicado em 8 de junho de 2018

Embarcações naufragam e deixam quatro mortos e desaparecidos em Itaguaí, RJ

Com informações do G1

Duas embarcações de pescadores naufragaram, na madrugada desta sexta-feira (8), na Baía de Sepetiba, em frente ao Porto de Itaguaí, deixando pelo menos quatro mortos.

O Corpo de Bombeiros informou que havia 22 pessoas nos barcos. Oito sobreviventes foram levados para a UPA de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Outras 10 pessoas seguem desaparecidas. O acidente ocorreu por volta das 0h20 desta sexta.

Segundo um sobrevivente do naufrágio, o grupo estava pescando quando foi surpreendido por um vento forte. “Paramos para poder pescar, ancoramos o barco. De repente, veio um vento muito forte. O barqueiro falou: ‘Esse vento deve ser de sudoeste. Vamos recolher o material e puxar âncora’. Foi quando de repente o vento entrou muito forte, nós nos trancamos na cabine. Não dava para ver nada. Foi aí que o barco naufragou, coisa de 15 segundos”, contou Marlon.

De acordo com um funcionário do porto, um rebocador fez contato avisando que teria “homens ao mar”. Quando Anderson da Silva, de 42 anos, chegou para fazer o socorro, encontrou três homens na água, um já desacordado. Ele e seu auxiliar conseguiram fazer os resgates e, logo após, a lancha dos bombeiros chegou levando as vítimas.

“Moro no mar, a 5 minutos do local do acidente. Antes de tudo acontecer, ouvi um estrondo muito forte, teve até chuva de granizo e ventos fortes durante uns 7 minutos. Pouco depois recebi o aviso do acidente. Aparentemente, as vítimas que resgatamos estavam vivas, apenas um estava desmaiado”, contou Anderson.

Bombeiros dos quartéis de Sepetiba, Angra dos Reis e Barra, além do apoio de um helicóptero da corporação, trabalham na região. As buscas começaram logo após o naufrágio, ainda no início da madrugada desta sexta.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)