Mamude, ex-jogador do Juventus comete suicídio

mamud 2O jogador de futebol Mamude Carlos da Costa, de 35 anos, que no último estadual defendeu o Juventus, cometeu suicídio nesta quinta-feira. Mamude como era mais conhecido usou uma corda para por fim a própria vida.  O fato aconteceu na residência da ex-mulher, localizada no conjunto Esperança. O corpo do ex-atleta foi resgatado no início da noite desta quinta-feira por peritos da policia técnica e encaminhado ao Instituto Médico Legal.

A polícia não confirmou o horário exato do suicídio, mas pelas condições em que o corpo foi encontrado, que já estava em estado de rigidez cadavérica, a suspeita é que Mamude se matou durante a madrugada. De acordo com informações colhidas no local, Mamude passou a virada de ano na companhia de amigos, mas por volta das 3 da manhã ele ficou em casa sozinho.

A suspeita é que o meio campista apresentava um elevado quadro de depressão em decorrência do falecimento da mãe, que aconteceu a cerca de um mês. Amigos contaram a site Ecoacre.net que Mamude era muito ligado a mãe. Após o falecimento da genitora, ocorrido por causa de problemas no pulmão, o ex-juventino ficou muito abatido.  Mamude jogou em vários clubes do estado. Ele vestiu as camisas do Rio Branco, Juventus, Atletico Acreano, Vasco da Gama, Andirá, Galvez e Independência.

Mamude jogou também por equipes do interior do estado com o Naus, Alto Acre e Plácido de Castro. Entre os títulos ele conquistou a Copa Norte pelo O rio Branco Em 1997 e foi campeão estadual pelo Vasco da Gama em 2001.

(Ecimáiro Carvalho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *