Ibama apreende 33 animais e 11 armas em Cruzeiro do Sul

Em dezembro, durante operação contra pesca ilegal no período de piracema na Bacia Amazônica, agentes do Ibama apreenderam animais e armas no Vale do Juruá.

Na região de Cruzeiro do Sul, em ação para combater a caça ilegal, o Ibama apreendeu 10 tartarugas, 7 pacas, 4 inhambu-galinhas, 3 periquitos, 2 veados, 2 tatus, 2 caititus, 1 jacuguaçu, 1 curió e uma anta. Os animais estavam sendo transportados ilegalmente, caçados ou mantidos em cativeiro. Foram apreendidas 15 espingardas, além de cartuchos, trabucos e outros petrechos utilizados no crime.

Os periquitos foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama em Rio Branco, enquanto os jabutis foram devolvidos à natureza. Os demais animais estavam abatidos.

Na ação também foi fiscalizada a moratória da piracatinga, cuja captura é proibida conforme o tipo de isca utilizada, e a proibição de captura do pirarucu no Amazonas, além de outras espécies protegidas na piracema, como o surubim. O pescado foi doado a instituições sem fins lucrativos. As autuações aplicadas totalizam cerca de R$722 mil. A operação teve apoio da Polícia Federal. (Com Assessoria de Imprensa do Ibama).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *