Publicado em 12 de outubro de 2017

Ibama descobre exploração de madeira em terra indígena

Um forte aparato policial foi montado para transportar os veículos apreendidos, e parte da madeira dos cinco caminhões, quatro foram trazidos para Rio Branco. Um por falta de condições de uso ficou no local, e um trator foi destruído. Duas motocicletas, uma Fiat Strada e trator de pequeno porte também tiveram como destino o pátio do presídio.

A ação conjunta entre o IBAMA do acre e do Amazonas faz parte da Operação Onda Verde. O foco é combater o desmatamento e a exploração ilegal de Madeira, na região conhecida como ponta do Abunã.

Foram apreendidos 600 metros cúbicos de madeiras em toras. Deste total 50 metros transportados até Rio Branco. O restante permanece no local. A ação do IBAMA aconteceu na terra indígena Kaxararí que fica no sul de Lábrea, no Amazonas.

A área explorada é 300 hectares, mas por conta do difícil acesso, só foi possível flagrar 50 hectares. No local, dez pessoas foram autuadas por crimes ambientais. O valor das multas pode ultrapassar os trezentos mil reais. O foco da Operação que conta com 9 viaturas e um helicóptero é investigar agora o desmatamento de 2000 hectares. A equipe conta com 15 agentes do IBAMA e 6 policiais do batalhão ambiental do amazonas.

Ecimáiro Carvalho

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)