Índice de isolamento social no Acre ainda é um dos cinco piores do país e está abaixo do Amazonas

Um novo levantamento do ‘Covid-19 Community Mobility Reports’, relatório que apura a movimentação de pessoas do Google a partir de informação da função ‘localizador’ dos celulares, feita entre os dias 29 de fevereiro e 11 de abril no Acre, revela que os índices de quarentena e de distanciamento social no estado ainda são preocupantes diante da atual situação de pandemia do novo coronavírus.

Conforme a pesquisa, o Acre é um dos estados que menos respeita o isolamento domiciliar. Enquanto na Bahia, o índice de recolhimento domiciliar é de 17%, o Acre só registra 10%. O Mapa do Índice de Isolamento Social, desenvolvido pelo Instituto Inloco para auxiliar no combate à pandemia da Covid-19 no Brasil, também reforça essa informação, apresentando o percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento.

No último levantamento do Inloco, na terça-feira, 21 de abril, o Acre figurava com 55,8% da população respeitando as regras de isolamento, mas novamente, abaixo do Amazonas, que hoje tem 58,4% de seus moradores recolhidos. “O mapa do coronavírus existe para auxiliar as autoridades a direcionarem os recursos de segurança pública, comunicação e saúde”, afirma o Inloco.

Um novo levantamento do ‘Covid-19 Community Mobility Reports’, relatório que apura a movimentação de pessoas do Google a partir de informação da função ‘localizador’ dos celulares, feita entre os dias 29 de fevereiro e 11 de abril no Acre, revela que os índices de quarentena e de distanciamento social no estado ainda são preocupantes diante da atual situação de pandemia do novo coronavírus.

Conforme a pesquisa, o Acre é um dos estados que menos respeita o isolamento domiciliar. Enquanto na Bahia, o índice de recolhimento domiciliar é de 17%, o Acre só registra 10%. O Mapa do Índice de Isolamento Social, desenvolvido pelo Instituto Inloco para auxiliar no combate à pandemia da Covid-19 no Brasil, também reforça essa informação, apresentando o percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento.

No último levantamento do Inloco, na terça-feira, 21 de abril, o Acre figurava com 55,8% da população respeitando as regras de isolamento, mas novamente, abaixo do Amazonas, que hoje tem 58,4% de seus moradores recolhidos. “O mapa do coronavírus existe para auxiliar as autoridades a direcionarem os recursos de segurança pública, comunicação e saúde”, afirma o Inloco.

De acordo com entrevista da chefe do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Sesacre, também para a Agência de Notícias do Acre, o momento não é de brincadeira. “Acredito que já está na hora de as pessoas pararem de brincar com o risco. Já deu para perceber que o momento é de extremo cuidado. Que é preciso se proteger para não se contaminar, para não passar para ninguém e nem morrer também”, afirma Glória Nascimento. O último boletim da Sesacre divulgado nessa quinta-feira, 23, garante que o Acre está com 227 casos confirmados de Covid-19.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *