Mais de 80% dos cães que vivem nas ruas têm donos que não cuidam

cachorro de ruaO Departamento de Zoonoses de Rio Branco alerta sobre os cuidados que os donos de cães devem ter para não deixar que os animais fiquem soltos nas ruas.

Segundo dados do setor, 80% dos cães que perambulam pelas vias têm donos, fato comprovado nos momentos de captura, quando o proprietário aparece, não permite que a equipe o leve, mas acaba soltando novamente após a saída dos técnicos.

Cumprindo determinação do Ministério Público Estadual, o Departamento não realiza mais eutanásia nos animais capturados, exceto nos casos em que eles não têm recuperação e apresentam distúrbios mentais.

Segundo a diretora do Departamento, Michelini Dantas, as equipes continuam efetuando a captura de cães nas ruas, porém em uma escala menor que antes.

“O espaço é limitado e não temos como abrigá-los”, explica. No caso dos cães capturados, o departamento depende da boa vontade de pessoas que queiram adotar os animais ou de os donos irem buscá-los.

“Os cães que vão para o local geralmente só saem para a adoção, o que costuma levar tempo”, completa Michelini, ao destacar que a população canina atual em Rio Branco é de 45.990.

Campanha de vacinação ativa – O Departamento de Zoonoses da capital intensifica a campanha de vacinação contra a raiva canina nos meses de setembro e outubro. Até o fim desta semana as equipes visitam os bairros da região do Calafate, devendo estender o serviço para as demais áreas. Nesse caso, a atuação dos agentes depende da colaboração dos donos dos animais.

Val Sales – Jornal Página 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *