Melhor em Casa permite que pacientes tenham atendimento especializado

Criado em 2011, o programa Melhor em Casa nasceu da necessidade da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) em prestar assistência especializada aos pacientes que manifestavam interesse e tinham condições de sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI e continuar o tratamento em casa.

Para conhecer a rotina de um desses pacientes, o governador Tião visitou na tarde desta quinta-feira, 3, a jovem Ana Carolina, de apenas 4 anos, que vive hoje em casa com a família após três anos internada no Hospital das Crianças.

Ana possui distrofia muscular, uma doença genética irreversível e progressiva que atinge toda a sua capacidade motora. Tião Viana conheceu de perto a realidade da família da jovem, que também ganhou um lar pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida, e desejou um feliz Natal para todos.

“Essa é uma lição de força e generosidade, de colocarmos sempre o sentimento na frente das relações humanas. Temos aqui o trabalho da equipe do Samu demonstrando quase o impossível. Essa criança ficou três anos numa UTI e hoje está em casa com os pais e todo o suporte dessa equipe maravilhosa”, disse Tião Viana.

Amor à vida

secom_acre_SV_03122015 (8) (3)
Atualmente 27 pessoas são atendidas pelo programa que leva suporte médico (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Além dos equipamentos de suporte à vida, também há um gerador para emergência, todo um ambiente de conforto e a equipe do Samu a postos para qualquer emergência pelo 193.

Para a mãe da jovem, Rosineide da Costa, ter hoje uma moradia pelo Minha Casa, Minha Vida e a filha morando no lar depois de três anos de hospital é uma vitória. “Quando cheguei aqui a Rio Branco não tinha nada, só minha filha doente. Agora ela está em casa, eu tenho meu teto e estou super feliz”, revela.

A médica pediatra do programa, Hialli Cristine, conta: “O Melhor em Casa serve para dar atendimento com uma qualidade similar à do hospital, mas com o conforto da casa, com os parentes, os amigos. Temos uma equipe multidisciplinar completa com médico, enfermeiros, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista”.

Atualmente 27 pacientes em Rio Branco são atendidos pelo Melhor em Casa.

Agência Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *