Publicado em 16 de outubro de 2017

Mototaxista morre após colisão com carro, na Via Verde

Por volta do meio dia, o mototaxista, Antônio Claudio Ribeiro, vinha pela Via Verde sentido centro-bairro quando bateu em um Fiat Uno vermelho de placa MAX 9321, que vinha em sentido contrario. O carro rodou na pista várias vezes, segundo populares. A motocicleta ficou destruída, o impacto da batida foi tão forte que o pneu saiu fora do aro e vários pedaços da motocicleta ficaram espalhados pela via.

O sapato do mototaxista foi encontrado no meio fio, e o capacete saiu da cabeça quando ele caiu no barranco. Ribeiro teve morte instantânea, vários mototaxistas foram para o local e não acreditavam no que estava acontecendo. José Ribamar, representante do sindicato dos mototaxistas do Acre, disse que a categoria faz curso de reciclagem e que só a perícia pode esclarecer o que realmente aconteceu.

O condutor do Fiat Uno, que não teve o nome divulgado, não se machucou, já a parte da frente do veículo ficou destruída.

A  polícia rodoviária federal ficou no local até a chegada do IML. Um mototaxista se ajoelhou ao lado do corpo do colega e não conteve as lágrimas.

Simone Oliveira

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)