Mulher é ‘condenada’ pelo “Tribunal do Crime” e espancada na Cidade do Povo

Uma mulher identificada apenas como Maria aparece em um vídeo sendo espancado por membros da facção criminosa Bonde dos 13, na manhã desta terça-feira (4), após ser condenada pelo “Tribunal do Crime”.

O vídeo foi gravado em uma área de mata no Conjunto Habitacional Cidade do Povo. Os criminosos acusaram a mulher de ter roubado R$ 1 mil de cosméticos em uma loja no conjunto, sendo necessário realizar o espancamento para lhe “disciplinar”.

Antes de iniciar a sessão de espancamento, a mulher é obrigada a repetir as palavras do seu espancador. “Meu nome é Maria, eu estava roubando na Cidade do Povo, aí eu vou pegar uma disciplina. Eu peço desculpas aos meus irmãos do B13, da INFARA e do PCC”, como uma forma de deixar claro que as “leis da facção” devem ser cumpridas por todos na região.

Durante as agressões, a mulher súplica várias vezes para pararem, mas, mesmo com os apelos, a sessão de tortura continua. Ainda não se sabe quantas pessoas estariam envolvidas no crime, mas a Polícia Civil vai investigar o caso, e os criminosos podem ser indiciados por tortura física e psicológica, ameaça, cárcere privado, além de sequestro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *