Nunca e tarde para estudar: aposentado de 68 anos de idade terminou o ensino médio pelo EJA, fez o Enem e alcançou nota para cursar direito.

Simone Oliveira-Tv5Ecoacre

Passos curtos e lentos, para chegar até a universidade não foi fácil para esse filho de cearense, e nascido no seringal Sumaré na região de Tarauacá. As primeiras letras que José aprendeu foi com a própria mãe que tinha o básico conhecimento. Esta e a história de José Carneiro, acadêmico de direito.

Entrar em uma sala de aula só foi possível aos 33 anos idade quando iniciou o ensino fundamental, o ensino médio só foi possível concluir ano passado, através da Educação de Jovens e Adultos   o EJA. Hoje aposentado José cordeiro Delmiro de 68 anos de idade entrou na sala onde vai passar cinco anos estudando direito.

Ele e o mais novo acadêmico dessa universidade particular de Rio Branco, a nota do Enem garantiu que José pudesse realizar o sonho de entrar para universidade.

Essa a primeira vez que esse centro universitário receber um aluno dessa idade, O coordenador do curso Fabio Santos disse que a equipe já está preparada para dar todo o suporte que seu José venha precisar.

O mais novo acadêmico não está preocupado com o tempo, ele quer mesmo e concluir o curso, e aos 73 anos poder vestir essa beca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *