Operação “Eminência Parda”: PF tenta prender figurões em condomínio de luxo em Rio Branco


Uma operação batizada de  “Eminência Parda”  vasculhou um condomínio de luxo, no Conjunto Tropical, em Rio Branco, na manhã desta terça-feira. A ação policial é coordenada pela Superintendência da PF do Amazonas. Os federais do Acre apenas estariam dando apoio. A investigação identificou desvio de recursos públicos. Ainda não se sabe quantas ordens judiciais estão sendo cumpridas. A operação não foi detalhada e não há informações concretas sobre os alvos da ação policial.

Noutros bairros de classe média alta da capital viaturas rondam mansões e edifícios onde moram empresários, políticos e ex-políticos, além de assessores graduados e gestores públicos. Nas redes sociais, internautas confundem e até tratam o assunto como uma nova versão da Operação G 7, que mandou para a cadeia empresários ligados à construção civil por fraude em licitações e desvio de recursos públicos nos governos do PT.

A PF do Acre não irá se manifestar. As declarações à imprensa serão dadas pela PF do Amazonas nas próximas horas, inclusive sobre os resultados da operação, seu objetivo e o quantitativo de ordens judiciais cumpridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *