Padre defende parada gay e diz que intolerância e discriminação são marcas do passado

Com uma visão moderna, o padre italiano Massimo Lombardi, se manifestou favorável à Parada do Orgulho LGBT, em Rio Branco. Segundo o religioso, a fisiologia de gênero veio para ficar em meio a sociedade.

“Não adianta discordar, reclamar ou se escandalizar, pois ela veio para ficar até não mudar as cabeças ranzinzas que teimam em sua visão exclusiva”, comentou. Lombardi disse ainda que “intolerância e discriminação são uma herança medieval”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *