PM prende envolvidos em assalto, tráfico e porte ilegal de armas na fronteira

Os criminosos Willian Afonso de Oliveira, 31 anos, Ramon Lira dos Santos, 19 anos, Ludmila da Costa Soares, 20 anos, Jefferson Silva do Nascimento, 18 anos, foram presos por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, na tarde deste sábado (20), no Bairro Alberto Castro, no município de Brasiléia, interior do Acre.

Segundo informado à reportagem, os cinco presos teriam rendido funcionários de uma fábrica de alumínio na Cidade de Cobija, na Bolívia, durante a madrugada do sábado (19). O grupo roubou a quantia de 36 mil bolivianos e 5 mil reais em espécie do local. Após o crime, os criminosos fugiram para Brasiléia.

A Policia Militar foi acionada via Ciosp, e uma guarnição do Grupo de intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) fez buscas na tentativa de achar o grupo. Na primeira abordagem, foi preso Willian Afonso, que portava um revolver calibre 38 e parte do dinheiro subtraído no assalto.

Já na segunda abordagem, foram presos Ramon Lira e Ludmila da Costa, como também quatro menores, que teriam ajudado na realização do roubo e foram apreendidos. Ainda há uma pessoa foragida, identificada como Erasmo Vieira de Azevedo Filho, que segundo a polícia, também é suspeito de ter participado de assalto a uma agência do Banco do Brasil em Brasiléia, em agosto do ano passado.

Os policiais conseguiram apreender ainda 18 papelotes de pasta base de cocaína, 9 tabletes de maconha, uma escopeta calibre 28 com 3 munições intactas, um revólver 38 com 2 munições intactas, 9 celulares e muitas notas de dinheiro brasileiro e boliviano.

Durante a investigação do crime também foi descoberto que todo o valor arrecadado com ação criminosa seria compartilhado entre os envolvidos diretamente e a facção criminosa Comando Vermelho. A polícia segue as investigações.

Facebook13TwitterWhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *