Publicado em 4 de abril de 2018

Polícia analisa câmeras de monitoramento para identificar criminosos

Ecimairo Carvalho-EcoacreTV

Investigadores da delegacia de combate a roubos e extorsões começaram nesta terça-feira a analisar imagens de câmeras de monitoramento. a intenção da polícia é identificar os criminosos.

As cenas do crime, sempre deixam vestígios para a investigação, por isso, durante toda a manhã desta terça-feira. A motocicleta da estudante passou por periciais. A intenção da polícia é identificar os autores do latrocínio desta estudante. Emanuela da Silva Souza de 33 anos, que cursa logística no Ifac. Foi assassinada na noite de segunda-feira. O crime aconteceu neste trecho da Rua Benedita Maia, região do PROCON.

A vítima trafegava numa motocicleta, quando foi surpreendida por dois criminosos que estavam em outra moto. Após render a vítima o garupa, efetuou um disparo na estudante. Emanuela da Silva chegou a ser socorrido pelo o SAMU, mas, não resistiu ao ferimento. A moto foi encontrada pouco tempo depois do crime.

Imagens que mostram o exato momento do latrocínio já foram analisadas. Emanuela da Silva, estudava medica na Bolívia, mas, trancou o curso para cuidar da mãe, que morreu a cerca de um mês em decorrência de um câncer. Atualmente Emanuela da Silva cursava logística no IFAC. Por conta da trágica morte da estudante as aulas foram suspensas nesta terça-feira. A faixa de luto na frente da unidade de ensino, expressava a dor e revolta de funcionários e colegas. O delegado Sergio Lopes disse que; a polícia não vai medir esforços para prende os criminosos

 

 

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)