Prefeitura utiliza imagens aéreas para identificar focos do Aedes aegypti na capital

Imagens já foram feitas no último sábado nos bairros Procon, São Francisco, Oscar Passos, Chico Mendes e Eldorado – Fotos: Assessoria PMRB

A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Saúde (Semsa), utiliza a tecnologia no combate ao mosquito Aedes aegypti. Um drone (veículo aéreo não tripulado), está sendo usado para fazer o mapeamento dos focos do mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, chikungunya e o zika vírus. O drone, que é da Embrapa/Acre, faz as imagens com georeferenciamento, localizando espacialmente a residência para que os Agentes de Controle de Endemias, com GPSs, possam ir direto à residência onde há um possível foco do mosquito.

As imagens já foram feitas no último sábado nos bairros Procon, São Francisco, Oscar Passos, Chico Mendes e Eldorado.

O drone, que é controlado por um técnico da Embrapa, sobrevoa os bairros considerados com maior infestação do inseto, já ranqueados pela Secretaria Municipal de Saúde e filma em alta resolução em formato Full HD. As imagens geradas pelo aparelho localizam e identificam depósitos de água descobertos, acúmulo de lixo, entre outros ambientes onde o mosquito deposita as larvas. A tecnologia é fundamental para mapear estes locais de difícil acesso como coberturas de prédios, casas fechadas e terrenos baldios.

O presidente da Embrapa, Eufran Amaral, diz que nas 47 cidades onde há sedes da Embrapa, a empresa está fazendo parcerias com prefeituras. “A Embrapa está a serviço da sociedade para que as casas, praças, logradouros e outros espaços deixem de ser lares para o mosquito. Nosso objetivo é tornar a cidade um lugar muito melhor para viver”.

Para o secretário de Saúde de Rio Branco, Oteniel Almeida, o uso da tecnologia será muito importante no combate ao mosquito porque “possibilita a descoberta de focos do mosquito, onde o olho humano não consegue alcançar. A adesão da Embrapa fortalece a parceria entre os governos federal, estadual e municipal no combate ao mosquito, que tramite a dengue, febre chikungunya o zika vírus”.

Nesta quarta-feira, 17, o drone vai monitorar o bairro Cidade Nova e redondezas.

A parceria entre a prefeitura de Rio Branco e a Embrapa foi firmada em reunião, na última sexta-feira, na sede da secretaria Municipal de Saúde.

Assessoria PMRB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *