Sargento da PM do Acre é morto com a própria arma em briga de bar

O sargento da Polícia Militar Rivelino Pereira da Silva foi assassinado a tiros com a própria arma. O crime aconteceu na noite de segunda-feira em um bar, no município de Plácido de Castro. Após uma discussão, por motivos desconhecidos, o operador de máquinas Lucimar Arruda da Silva, de 40 anos, foi em casa e armou-se com um facão. Ao retornar ao bar o policial militar pegou uma pistola ponto 40, que estava dentro do seu carro.

A polícia apurou que Lucimar foi em direção ao Militar, que sacou a arma e efetuou dois disparos na região do abdômen da vítima. Mesmo ferido o operador de Máquinas tomou a arma do policial e fez pelo menos quatro disparos contra o Militar, sendo o último na cabeça.  Lucimar foi socorrido pelo Samu e encaminhado ao hospital do município, mas devido à gravidade dos ferimentos precisou ser transferido para Rio Branco ainda na noite de segunda-feira feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *