Saúde economiza mais de R$ 22 milhões em material hospitalar nos primeiros dois meses da gestão Gladson Cameli

Saúde economiza mais de R$ 22 milhões em material hospitalar nos primeiros dois meses da gestão Gladson Cameli

Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde do Acre (Sesacre) mostra que o Governo do Estado do Acre obteve uma economia extraordinária de R$ 22 milhões, nos primeiros dois meses da administração do governador Gladson Cameli, em gastos com insumos hospitalares e a aquisição de novos medicamentos.

Luvas e máscaras cirúrgicas, além de outros materiais descartáveis, foram supridos por meio de doações como a feita, por exemplo, pelo Exército Brasileiro. Além dos militares, representantes de outras instituições fizeram o mesmo.

“Isso nos permite um ganho significativo em recursos que poderão ser destinados a outras áreas igualmente importantes, dentro das nossas unidades hospitalares”, afirma Marco Aurélio Nogueira da Silva, gerente do Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos (Dafi), da Sesacre.

Evitando a Judicialização – Nesta mesma linha de economizar recursos, segue em fase de elaboração projeto de criação da Comissão Multiprofissional de Prevenção à Judicialização.

Isso significa que um grupo de pessoas da Sesacre vai trabalhar na redução de casos em que as pessoas procuram a Justiça para garantir um serviço ou um medicamento específico nos hospitais. É que há situações em que apenas uma comunicação eficaz entre profissionais ou entre administradores de unidades hospitalares resolveria o problema.

Em 2018, a Secretaria da Saúde sofreu um impacto financeiro de mais de R$ 3,8 milhões com ações protocoladas na Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *