Secretário de Educação é sabatinado por deputados sobre demissão de professores

Folhadoacre

Na manhã de quarta-feira (4), o secretário de Educação do Estado (SEE), Mauro Sérgio, foi sabatinado pelos deputados estaduais a respeito de problemas no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e sobre a falta de mediadores para alunos especiais.

Mauro Sérgio confirmou a retirada de professores provisórios que foram demitidos, mas frisou que o número é bem abaixo do que havia sido divulgado. Ele declarou aos deputados estaduais que cerca de 135 professores provisórios foram retirados das escolas públicas.

“Foram retirados 135 professores provisórios, mas o estado conta hoje com 8.125 professores provisórios”, diz.

Mauro afirmou que a retirada dos professores de deu por conta de um remanejamento. Segundo dados apresentados pelo secretário, no início do ano foram contratados 267 profissionais na área de educação, após o remanejamento do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), saíram 23.

“Hoje em Rio Branco temos 244 profissionais”, esclareceu.

Já no interior do estado do Acre, o número de retiradas de profissionais foi maior. “Foram contratados 624, saíram 112, no momento, 512 estão atuando nas unidades estaduais de ensino”, explicou.

Mauro Sérgio frisou que em 2020, haverá mudanças a serem implantados no ensino público. “Estaremos dando mais uma refeição ao dia para que o aprendizado seja mais eficaz, daremos também uniformes novos aos alunos carentes”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *