Sérgio Moro deve visitar o Acre ainda este ano para conhecer a atuação das polícias

Em razão dos problemas recorrentes nas fronteiras do país, principalmente na divisa do Acre com Peru e Bolívia, o senador Marcio Bittar (MDB-AC) se reuniu nesta segunda-feira com o ministro da Justiça, Sérgio Moro.

A reunião teve como principal objetivo tratar sobre a criação de uma central de segurança de fronteiras. O projeto-piloto está sendo implementado em Foz do Iguaçu e poderá ser levado ao Acre. O governador Gladson Cameli (Progressistas) prontificou-se a disponibilizar a estrutura necessária para o empreendimento.

Bittar aproveitou para agradecer a pelo helicóptero, viaturas e equipamentos de segurança disponibilizados pelo ministério às forças de segurança do estado. “É de extrema importância que possamos defender nossas fronteiras do tráfico de drogas e de recursos naturais. Os equipamentos são apenas um primeiro passo de muitos que pretendemos realizar, em união com o ministério da Justiça, através do ministro Moro, e do governo do estado”, disse Marcio Bittar.

Ele e o ministro concordaram quanto à necessidade de se estabelecer estratégias mais rígidas no enfrentamento às ilicitudes que ocorrem nas fronteiras do país. Outra questão conversada foi a de que o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), órgão que centraliza as informações de segurança das principais regiões do país, seja implementado na Região Norte, tendo o Acre como possível sede.

Após convite do senador Marcio Bittar, da bancada acreana no Congresso e do governador Gladson Cameli, Moro afirmou que virá ao Acre ainda este ano, para conhecer de perto a realidade do estado e de suas forças policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *