Sesacre descarta coronavírus em família acreana com suspeita, mas mantém vigilância

Depois que uma família com 4 membros foi internada em Cruzeiro do Sul, suspeita de ter contraído o coronavírus, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) negou que os casos tenham qualquer envolvimento com a infestação.

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre, informa que a família de quatro integrantes – mãe, pai e dois filhos – moradores de Cruzeiro do Sul não tem manifestação clínica para o coronavírus 2019-nCoV.

De acordo com as informações do Hospital do Juruá, dos quatro familiares, três apresentam quadro de diarreia o que é incompatível com os sintomas do coronavírus, e apenas um tem sintoma de distúrbio respiratório.

O diretor-técnico do Hospital do Juruá, médico Marcos Roberto Lima, informou que todos foram avaliados por infectologistas e submetidos ao protocolo do Ministério da Saúde para avaliação de possível contaminação pelo 2019-nCoV. O resultado foi a não manifestação clínica do vírus em questão.

A Sesacre informa ainda que os pacientes não estão internados, e sim em regime de vigilância domiciliar.

Rio Branco, AC, 29 de janeiro de 2020

Alysson Bestene
Secretário de Estado de Saúde do Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *