Sindicalistas e deputados começam a discutir o projeto da Reforma da Previdência

O que seria uma audiência pública se tornou reunião, após exigência dos movimentos sindicais. Três representantes, de cada sindicato, entraram no plenário da casa para assistir uma apresentação do presidente do Acreprevidencia, Francisco Assis.

O deputado estadual, Gherlen Diniz (PP), líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleav) abriu a reunião pedindo calma, mas os quase 500 servidores públicos que estão na casa seguiram entoando gritos de guerra como: “Se votar o Acre vai parar”, “Assassinos do Servidor”.

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) garantiu aos sindicalistas que a proposta não será votada nesta quarta-feira, 6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *