Publicado em 27 de março de 2013

Ainda restam 50 embalagens de suco Ades com soda cáustica em circulação

Ainda restam 50 unidades do lote de suco de maça da marca Ades envazados com soda cáustica que não foram identificados, segundo o vice-presidente da Unilever Brasil, Newman Debs. Até o momento, apenas 46 das 96 unidades embaladas foram recolhidas do mercado.

O diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), José Agenor Álvares da Silva, antecipa que em até 15 dias deve ser definida a punição para a empresa. Por enquanto, acredita-se que a multa aplicada pela Justiça chegue a R$ 6 milhões, sendo R$1,5 milhões por parte da Anvisa.

Durante audiência pública para discutir o problema na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, Agenor informou que a Unilever Brasil não comunicou oficialmente às autoridades sanitárias, quando identificou o lote de 1,5 litros de soda cáustica embalada como suco.

Todos os produtos da marca estão com venda, fabricação e distribuição suspensos, desde o dia 15 de março. Até agora, 14 pessoas ingeriram o produto envazado incorretamente, e 12 aceitaram receber assistência médica disponibilizada pela Unilever.

No dia 4/4, a Anvisa convocou uma reunião com a empresa que desenvolve o software das máquinas da Ades para prestar esclarecimentos.

 

(Correios Braziliense)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)