Calor e tempo seco aumentam consumo de água em 70%

As altas temperaturas e o baixo nível da umidade relativa do ar fizeram com que o consumo de água aumentasse na capital. De acordo com o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), o aumento do consumo foi de 70%.

Nos últimos dias, a umidade relativa tem se mantido menor do que os 30%, com temperatura chegando a 35º, de acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam).

O consumo de água tende a aumentar nesta época do ano. Os banhos de longa duração se tornam frequentes e a água também é utilizada em abundância para baixar a poeira das calçadas e limpar as fuligens de fumaça das varandas.

O gerente de Abastecimento e Distribuição de Água, Railson Correia, explica que o alto consumo é normal nesta época do ano, e que a seca do rio Acre, comum em agosto e setembro, não deve prejudicar o abastecimento. Mesmo assim, ele recomenda que a população evite desperdícios.

“Com a aquisição no ano passado de bombas jumbos, que funcionam nos níveis mais baixos de água, não há riscos de faltar o líquido, mas pedimos a população para evitar desperdícios desnecessários. O Depasa está preparado, mas a população também deve colaborar para evitar a falta de água”.

Anaís Cordeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *