Publicado em 13 de fevereiro de 2013

Diocese de Rio Branco recebe com tristeza renúncia do Papa

As igrejas católicas do mundo todo foram surpreendidas com o anúncio de renúncia de Bento XVI. Para os católicos do Acre, a notícia também foi motivo de tristeza, conforme afirmou em nota o bispo de Rio Branco, Dom Joaquín Pertiñes.

“Ainda cheios de tristeza e consternados por essa notícia, totalmente inesperada para nós, ao mesmo tempo valorizamos sua integridade e coerência, nas razões apresentadas no seu comunicado, sinal de sua humildade e grandeza de alma”, relata.

Segundo Dom Joaquín, Bento XVI entrará para a história como o “Papa do amor” e o “Papa do Deus Pequeno”, que fez do Reino de Deus e da Igreja a razão de sua vida e de seu ministério.

“Ele traduziu toda sua capacidade intelectual numa linguagem compreensível para todos. Suas encíclicas, homilias, catequeses e livros demonstram seu interesse por explicar a fé, de modo que possa ser vivida de forma íntegra, fazendo ver que a fé não é só sentimento, mas sobretudo, conhecimento de Deus”.

Joaquín finaliza dizendo: “É hora de agradecer a Bento XVI o trabalho que realizou nestes anos, através do seu ministério petrino, e de reconhecer a coragem que demonstrou ao apresentar sua renúncia pelo bem da Igreja. Como filhos da Igreja, acolhamos suas razões e rezemos por ele, unidos em comunhão fraterna. E continuemos confiantes na assistência do Espírito Santo, neste momento singular da vida da Igreja de Cristo”.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)