Em Humaitá Rio Madeira Sobe e ultrapassa marca de 2014

humaitá (1)Humaitá. As iniciativas de prevenções começaram desde que foi constatado que a cota do Rio Madeira, no distrito de Abunã em Rondônia, já estava dois metros acima do registrado do ano passado, há cerca de duas semanas e meia. Alertando Humaitá (AM) e outras cidades que sofreram com as cheias do ano de 2014.

Em vários bairros de Humaitá, que também inundaram no ano passado, os moradores estão assustados. O número não e nada animador, ainda mais que ultrapassa a marca do ano passado, que na mesma data, 30 de janeiro, chegou a 15,44 metros. De acordo com dados da CPRM, o índice é considerado alto e o rio está oscilando.

No Bairro da Nossa Senhora do Carmo, zona sul de Humaitá, falta alguns metro para a água atingir as casas e ruas. A Prefeitura alerta, não há motivo para preocupação imediata com esses lugares.

Cheia Histórica

Em Humaitá no Amazonas quase 50% da cidade ficou inundada. Foto: Divulgação/Jornaldehumaita

A marca histórica do Rio Madeira até o momento é de 19,74 metros. A cheia atingiu os municípios de Humaitá e afetou cerca de 50 mil pessoas. Mais de 17 mil ficaram desabrigadas ou desalojadas de acordo com defesa civil do Amazonas. No inicio, as famílias foram levadas para escolas e igrejas, mas posteriormente foram alocadas em barracas, mesmo assim prejudicou o ano letivo.

Os custos para a recuperação total dos locais afetados foram estimados em R$ 70 milhões e o tempo necessário foi calculado em 10 anos.

Jornal Humaitá

Foto-0182

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *