Ensino especial para alunos em tratamento de saúde está previsto em projeto

Alunos impossibilitados de frequentar a escola, em razão de tratamento de saúde ou de internação hospitalar, poderão ter educação especial. É o que determina projeto (PLS 548/2015) que aguarda análise das comissões de Educação (CE) e de Assuntos Sociais (CAS). A ideia é que o governo ofereça aulas ou projetos pedagógicos em hospitais, clínicas ou na própria residência do aluno enfermo. De acordo com o autor da proposta, senador Telmário Mota (PDT-RR), a Constituição estabelece que a educação é um direito de todos. Portanto, segundo ele, a ninguém, sob nenhuma condição, pode ser negado o acesso à educação obrigatória.

Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *