Publicado em 14 de abril de 2015

Frigorífico de Feijó atende toda a população do município

frigotifico_feijo_13_04_2015_angela_peres-2-660x265Sob o licenciamento, inspeção e fiscalização do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf), o frigorífico Refúgio, localizado em Feijó, consegue atender toda a demanda da população local. No início, o estabelecimento funcionava com oito funcionários que faziam seis abates diários. Hoje o quadro é composto por 15 pessoas e a média de abates de bovinos é de 20 todos os dias.

O frigorífico, que atende às normas e padrões sanitários exigidos pelo Idaf, sob legislação do Ministério da Agricultura, funciona há 15 anos. Recentemente, o proprietário, Clodomir Souza, financiou parte do maquinário necessário para modernizar o empreendimento. Desde 2011, toda a carne comercializada no Acre é refrigerada, o que permite ao dono do frigorífico ter mais lucro com a taxa do abate.

“Hoje no estado toda carne precisa ser frigorificada e respeitar às normas sanitárias. Por isso, a inspeção nesses locais é tão essencial para garantir a qualidade do produto, dando mais segurança ao consumidor”, explica o gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Idaf, André Luiz Teixeira.

No local existe também a consciência ambiental, como o aproveitamento de subprodutos que não podem ser descartados para o meio ambiente. A parte não comestível é processada em caldeiras que produzem uma grande quantidade de sebo, a matéria-prima que dá origem ao sabão. De seis em seis meses, esse produto é vendido para outros estados.

Agência de Notícias do Acre

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)