Publicado em 18 de abril de 2013

Lançamento oficial da campanha contra a gripe será nesta sexta-feira

O lançamento da Campanha Estadual de Vacinação Contra a Gripe no Acre será oficializado nesta sexta-feira, 19. O evento ocorre no Centro de Saúde Rosângela Pimentel, no bairro Calafate, a partir das 9h. A cerimônia conta com a presença do prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do secretário adjunto de Atenção a Saúde, José Amsterdam Sandres, da secretária de Saúde de Rio Branco, Alexandrina Chaves, bem como os profissionais que estão diretamente ligados à imunização no estado.

Na segunda-feira, 15, o governo do Estado, em parceria com as prefeituras dos municípios, iniciou a imunização da população, nos locais onde o acesso é difícil à vacinação começou bem antes. A Campanha contra a gripe no Acre termina dia 26 de abril.

Pessoas acima de 60 anos, gestantes, crianças de seis meses a dois anos, trabalhadores em saúde, população indígena, portadores de doenças crônicas, entre outros, devem ser imunizados contra a Influenza.

Durante a campanha estadual estarão mobilizados 1.283 profissionais em 305 postos fixos e móveis e 123 transportes – carros, motos, barcos e outros -, para atenderem a população que deve ser vacinada.

Segundo o gerente da Divisão de Imunização e Rede de Frio, Ivan Galvão, no Acre, a meta prevista é a vacinação de no mínimo 114.852 mil pessoas, 80% da população dos grupos prioritários. Em 2012, foi vacinado um total de 109.848 mil pessoas no estado, representando 92,02% de cobertura.

“Quem se vacinou no ano passado precisa tomar a dose novamente, pois a imunidade contra a gripe dura somente um ano após a aplicação da vacina, além disso, a composição da vacina é feita conforme os vírus que mais circularam no ano anterior,” estimula Ivan.

O coordenador acrescenta que principalmente os idosos, as grávidas e as crianças pequenas, correm mais risco de ter complicações em decorrência da gripe – como, por exemplo, adquirir uma pneumonia – e morrer devido à doença. “É importante que as pessoas tenham consciência que a gripe é uma doença grave e contagiosa, por isso é necessário à imunização”, ressalta.

A novidade de 2013 é que os doentes crônicos terão acesso ampliado a todos os postos de saúde, e não apenas aos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (Cries). Para isso, é preciso apresentar apenas a prescrição médica no ato da vacinação.

Pacientes já cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão inscritos. Caso a unidade de saúde que oferece atendimento regular não tenha um posto de vacinação, a pessoa deve solicitar uma prescrição médica. Os pacientes da rede privada ou conveniada também devem ter prescrição médica e apresentá-la nos postos durante a campanha.

A vacina não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo, isto é, entre aqueles que já  apresentaram forte reação alérgica pelo menos duas horas depois de comer ovo. Esse tipo de alergia é bastante rara. A vacina também é contraindicada a quem já teve reações adversas a doses anteriores a um dos componentes da vacina. Nestas situações recomenda-se passar por avaliação médica para saber se pode ou não tomar a vacina.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)