Material de construção: vendas no setor varejista caem durante período chuvoso

Lojistas apostam nas promoções e ofertas para atrair e fidelizar clientela da capital – Foto: Regiclay Saady

As vendas de materiais de construção na capital acreana caíram significativamente com a chegada do inverno amazônico. Durante esse período, em que as chuvas predominam em toda a região, a baixa nos lucros preocupa empresários do setor. Algumas lojas já diminuíram as vendas em até 5%, em relação ao mesmo período do ano passado. Para fugir da crise, várias promoções, ofertas e melhores formas de pagamento são as principais armas para atrair a clientela local.

“Infelizmente, gostaríamos que fosse diferente, mas é a realidade. É natural que o cliente, que está construindo ou reformando sua residência ou empresa, não compre muito material, pois pode ocorrer desperdício e prejuízo financeiro. Estamos elaborando planos estratégicos para fidelizar a clientela, pois trabalhamos de acordo com a realidade econômica”, explicou Gelson Rufino, gerente de uma loja do seguimento.

Levantamento

De acordo com dados de estudo mensal, realizado pelo Instituto de Pesquisas da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), em 2015 as vendas de material de construção no varejo em todo o país encerraram com queda de 5,8% e faturamento de R$ 56,5 bilhões, marcando a primeira retração do segmento nos últimos 12 anos. A análise também revelou que houve alta, em dezembro, no pessimismo do setor com relação às ações do governo, saindo de 53% para 56%.

Por Dell Pinheiro – 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *