Sesacre solicita apoio do MPE na investigação de morte de bebê na UPA

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio da Secretaria Adjunta de Atenção à Saúde, solicitou acompanhamento da Promotoria Especializada de Defesa da Saúde do Ministério Público Estadual (MPE), no processo administrativo aberto para apurar o óbito do bebê Pedro Lucas Muniz, de quatro meses, na última segunda-feira, 15, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito.
O processo foi aberto com o intuito de dar transparência às ações de gestão e apurar os fatos que ocasionaram a morte da criança.
Pedro Lucas deu entrada na unidade na noite do domingo, 14, onde permaneceu em observação e passou por exames que indicaram uma virose. O bebê sofreu paradas cardiorrespiratórias enquanto era submetido a nebulização e faleceu.
“O caso será devidamente apurado. Se houver confirmação de negligência médica durante o atendimento ao paciente, as providências cabíveis serão tomadas. A solicitação ao MPE foi feita para que tudo seja investigado com a maior transparência possível”, disse a secretária adjunta de Atenção à Saúde, Marize Lucena.
Por Álefe Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *