Sindicato paralisa por 24h os atendimentos no banco Santander

A diretoria do Sindicato dos Bancários do Acre paralisou ontem por 24 horas as atividades da agência do banco Santander, localizado na Rua Marechal Deodoro, Centro de Rio Branco. As principais reivindicações são relacionadas a melhorias na qualidade de atendimento aos clientes é principalmente sobre as demissões em massa de funcionários da instituição financeira. De acordo com a categoria, apenas 18 funcionários estão realizado os atendimentos na unidade.

“Esse ato está acontecendo em todo o Brasil. Os sindicatos juntamente com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) decidiram que hoje haveria essa paralisação. Teremos uma reunião com a direção do banco em São Paulo para tentar achar uma solução para esses problemas. Se não houver avanços nas negociações podemos realizar um novo protesto”, enfatizou o presidente do Sindicato dos Bancários no estado do Acre, Edmar Batistela.

Ainda de acordo com ele, no Acre, mais de 30% dos funcionários foram demitidos sem nenhuma explicação ou declaração do banco. “O que queremos é cessar as demissões, tanto no Estado como a nível nacional. Também estamos analisados a situação de alguns trabalhadores que foram mandados embora. O banco tem que contratar mais pessoas para melhorar o atendimento oferecido à população. É inadmissível esse tipo de atitude do Santander, visto que a instituição só aumenta o seu faturamento todos os anos”, salientou.

Ontem, o Sindicato protocolou no Ministério Público do Trabalho e Delegacia Regional do Trabalho, denúncias contra o banco, onde aparece descumprimento da Lei das filas e da jornada de trabalho dos funcionários.

De acordo com dados do Dieese, houve corte de 4.542 empregos no banco espanhol nos últimos 12 meses, o que representa 8,2% de redução no quadro funcional.

Dell Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *