Publicado em 26 de fevereiro de 2013

Punição ao Corinthians é mantida

O Corinthians terá que jogar sem torcida no Pacaembu nesta quarta-feira, pela Libertadores. Em entrevista à Rádio Bandeirantes na manhã desta terça-feira, o diretor de Comunicação da Conmebol, Nestor Benitez, confirmou que a punição imposta pela entidade, de manter a torcida longe dos jogos do Timão na Libertadores, está mantida. Com isso, a partida contra o Millonários-COL será com os portões fechados.

O clube tentou reverter a punição na semana passada, logo após a morte do boliviano Kevin Espada, alegando que ainda era necessário aguardar decisão final. Mas o recurso foi negado e, pelo menos dentro de 60 dias – prazo estipulado pela Conmebol para o julgamento –, o Corinthians seguirá atuando sem torcida em casa e fora. A medida é cautelar.

O Corinthians emitiu uma nota noticiando a confirmação da pena e que acata a decisão da Conmebol. Sobre aos ingressos já vendidos para o jogo, o clube dá duas opções aos torcedores: usar o valor como crédito ou pedir o ressarcimento. Mas a agremiação pede paciência aos corintianos por conta da possível lentidão no serviço, por conta do grande número de afetados.

A diretoria também faz um apelo para que os torcedores evitem comparecer às imediações do Pacaembu na hora do jogo.

Leia a nota oficial do Corinthians:

“A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista, no intuito de defender os direitos dos torcedores, principalmente daqueles que já adquiriram os ingressos de forma antecipada, tentou todos os recursos jurídicos para reformar a medida cautelar imposta ao clube pela Conmebol na última quinta-feira.

Como o pedido de reforma foi negado, o Corinthians acata a decisão da entidade sul-americana e mandará as partidas da Copa Libertadores com os portões fechados até o julgamento, que deverá ocorrer no prazo de 60 dias.

Os torcedores que adquiriram ingressos poderão usar os valores como crédito no programa Fiel Torcedor ou pedir o ressarcimento do dinheiro. No entanto, como o volume de recursos e número de torcedores afetados é muito grande, nem todos poderão ser atendidos nas primeiras horas. Por isso contamos com a paciência dos afetados pelos cancelamentos.

Por fim, pedimos ao torcedor que evite ir às imediações do estádio do Pacaembu durante o período em que a punição valer. Tenha certeza que a camisa corinthiana será, como sempre, honrada, com muito suor e determinação.”

(Redação Band)

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)