25 Famílias Invadem Área de Terra No Birro Canãa

Um grupo de 25 famílias invadiu uma área de terra no bairro Canãa. Os invasores alegam que o proprietário, não tem documento da terra. Já a proprietária comprova com documento que adquiriu a terra legalmente.

Os dois hectares de terra no bairro Canãa foram invadidos no início do mês. De lá para cá, uma verdadeira batalha judicial foi travada entre invasores e a família que se diz proprietária da área. Segundo os invasores, quando ocuparam o terreno não existia benfeitoria e o local era esconderijo de marginais. Já a proprietária alega que os invasores destruíram todas as árvores frutíferas e arrancaram uma cerca de arame. Hoje um muro está sendo construído e placas com dizeres, área particular, foram colocadas. Os invasores mostraram esse documento, que segundo eles, não consta o nome da pessoa que se diz proprietária da área de terra.

Com a presença dos invasores no local, a proprietária, mais uma vez chamou uma guarnição da polícia militar, que foi ao local conversou com os invasores e depois saiu. Iglei Moura, que prefere não mostrar o rosto com medo de represália, apresentou esse documento registrado em cartório, como sendo a verdadeira dona da terra. Segundo ela, os dois hectares foram adquiridos em 2003. Até o levantamento topográfico da área, ela apresentou, mostrou também documento de Usucapião, direito que o indivíduo adquire em relação à posse de um bem móvel ou imóvel em decorrência da utilização do bem por determinado tempo, contínuo e incontestadamente. Iglei Moura, disse que só está querendo o que de fato e de direito, é da família.

Reportagem/ Demóstenes Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *