Acre vai retomar convênio com a Casa de Apoio ao Transplantado em São Paulo

Ainda cumprindo extensa agenda por São Paulo, o governador Gladson Cameli esteve neste sábado, dia 1° de agosto, conhecendo as dependências da Casa de Apoio ao Transplantado (APAT), que atualmente está abrigando quatro acreanos que estão à espera de um transplante de fígado na capital paulista.

A APAT recebe pacientes carentes de todo o Brasil que vão à cidade em busca de tratamento ou transplante de órgãos abdominais, mas que não possuem condições financeiras de manter a estadia. Dos quatro acreanos que estão no local, dois são de Marechal Thaumaturgo e dois de Cruzeiro do Sul.

Gladson os encontrou e conversou com os pacientes conterrâneos. “O estado tinha um convênio com a APAT, mas que estava suspenso desde a gestão passada. E nós vamos retomar esse convênio, de R$ 10 mil por mês, através da ação social”, garantiu o governador em mensagem nas redes sociais. Segundo Cameli, o objetivo do governo do Acre também “retomar as cirurgias de transplante de rim e fígado em nosso estado”.

Ao final do encontro, o governador agradeceu ao Dr. Tércio Genzini e sua equipe por receber a equipe do governo acreano na APAT e apresentar as instalações do lugar que vem ajudando os acreanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *