Publicado em 19 de junho de 2017

Apesar de determinação da justiça, problemas de garagens fora do padrão continuam no Manoel Julião

O maior problema são as garagens construídas fora dos padrões e outras que servem de comércio, depósitos e até covil para usuários de entorpecente. Foto: TV5

O compromisso contratual da Companhia de Habitação do Estado do Acre (Cohab) com o conjunto Manoel Julião era de 300 meses, ou seja, 25 anos, prazo este, que segundo o Secretário do órgão, Carlinhos Santiago, já terminou. Mesmo assim, ele explica que a Cohab junto com o ministério público está em parceria na tentativa de solucionar problemas antigos do conjunto.

Já existe determinações e acordos, que não estão sendo cumpridos. Garagens abandonadas, algumas construídas fora do padrão e outras que viraram comercio, são alguns desses problemas.

Santiago apresentou um projeto onde são pontuados os problemas e colocadas as possíveis soluções para o conjunto Manoel Julião, onde este seria totalmente reorganizado. Ele diz que a Cohab está à disposição dos moradores, através de seus síndicos, para auxiliar na confecção dos seus projetos.

“Esses serviços jurídicos e de engenharia são gratuitos. Qualquer morador pode vir aqui que fazemos todo o projeto para ele, seja a construção de um muro, garagem, área de lazer ou mesmo a legalização do CNPJ do condomínio”, afirmou o Secretário.

Rose Lima – Redação TV5

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)