Aporte de recursos vai beneficiar moradores de ramais do Acre

Investimentos vão dar mais condições de trafegabilidade (Foto: Arquivo Secom)
Investimentos vão dar mais condições de trafegabilidade (Foto: Arquivo Secom)

O governo do Acre e o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) estiveram em diálogo desde a última segunda-feira, 29, em Brasília.

O secretário de Estado de Planejamento, Márcio Veríssimo, que representou o Estado, afirmou que o banco já sinalizou parceria para a liberação de aproximadamente 30 milhões de dólares, recurso que será investido na infraestrutura de ramais de produção no Acre.

Segundo Veríssimo, foi iniciado o processo de aprovação do projeto de melhoramento e pavimentação dos ramais de produção, para que o Estado garanta o fornecimento de matéria-prima e insumos às indústrias instaladas nas regionais. Isso porque a área de produção no estado vive um momento de crescimento constante, o que vem acelerando o processo de industrialização.

Empreendimentos como o Complexo de Suinocultura Dom Porquito, em Brasileia, as usinas de beneficiamento de castanha administradas pela Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre (Cooperacre) e o Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia, em Rio Branco, são exemplos de que o mercado tornou-se mais competitivo e o estado está se consolidando nas rotas de exportação.

“A operação de crédito será viabilizada ainda este ano. Também vamos discutir outras tecnologias que possam ser utilizadas e, assim, assegurar o acesso e a trafegabilidade dos ramais para o desenvolvimento de nossas indústrias e empreendimentos”, acrescentou.

 

Agência Acre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *