As reclamações só aumentam em relação as linhas de cerol que tem causado acidentes graves

No céu elas são inofensivas e admiráveis. Nos últimos meses as pipas, pepetas e papagaios tomaram de conta do céu da capital Acreana, apesar de ser uma brincadeira, a linha que faz empinar as pipas com o objetivo de cortar a linha de outras pipas, infelizmente se tornou um instrumento que leva risco para as pessoas, tanto pedestres, quanto ciclistas e motociclistas.

Fotos e de uma mulher que recentemente teve o pescoço quase degolado por uma linha de cerol. Ela vinha de moto quando sentiu a linha cortando o pescoço que teve que pegar pontos, o moto taxista Edilson Braga também já vivenciou dessa experiência.

Infelizmente, a cada ano no Brasil, são recorrentes as notícias de pessoas que ficaram gravemente feridas ou que vieram à óbito, vítimas das linhas de cerol utilizadas para empinar pipa.

Substância cortante utilizada por crianças e jovens pode levar à morte se atingir partes sensíveis do corpo – Foto: Regiclay Saady

Mesmo com todas as campanhas de conscientização, as pessoas ainda utilizam esse tipo de linha, fazendo com que uma simples brincadeira entre crianças ou adolescentes se transforme em um grande risco para os demais.

A categoria de moto taxistas que utilizam a motocicleta como meio de transporte, aderiram uma antena para evitar que a linha de cerol os atinjam.

Reportagem/ Simone Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *