Associação Sociedade Amor a Quatro Patas precisa de parcerias para tirar das ruas animais abandonados

A Associação sociedade amor a quatro patas recolhe animais abandonados nas ruas desde 2011. Nesse período de pandemia por causa da covid-19, o trabalho triplicou, as despesas aumentaram e a associação precisa de parceiros para sanar todos os compromissos.

Pitanga um ano de idade, Bartolomeu esse gato branco e Kiko que está quietinho, nos braços de Amanda Lima coordenadora administrativa da associação sociedade amor a quatro patas, tem uma história em comum. Todos foram abandonados e resgatados pelos membros da associação. Todo animal merece ter uma vida tranquila e feliz, livre de maus-tratos.

Pensando nisso, 15 pessoas com o mesmo ideal se uniram e criaram a associação sociedade amor a quatro patas, entidade de apoio, proteção e auxílio aos animais. A entidade foi criada em 2011, com o objetivo de realizar uma campanha de doação de ração, para animais de rua. No ano seguinte a associação foi registrada legalmente em cartório. De acordo com Amanda Lima em média são resgatados 30 animais por mês, só que, no mês passado esse número quase triplicou mais de 70 animais, entre cães e gatos foram resgatados das ruas de Rio de Branco.

Um fato que chamou a atenção dos membros da associação é que, no período da pandemia aumentou de forma significativa, o número de abandono e maus tratos de animais. Por isso, a associação pede apoio dos órgãos fiscalizadores.

Para manter os animais que são resgatados saudáveis, a associação precisa de parcerias, as despesas aumentaram por causa do aumento de animais e só através de ajuda esse trabalho vai continuar.

Reportagem/ Demóstenes Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *