Caixa prepara liberação do FGTS e outras vantagens por cheia do Madeira

O governador Tião Viana recebeu em seu gabinete, na manhã desta sexta-feira, 11, as superintendentes, nacional e regional, da Caixa Econômica Federal, Bernadete Coury e Maria Sakai, respectivamente. As superintendestes ficaram a par da situação de calamidade pública devido a cheia do Rio Madeira, que isolou o Acre, e anunciaram que estão preparando a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o estado, além da paralisação das cobranças de consignação em folha, por 120 dias, e possibilidades de novos empréstimos para os empresários locais com facilidades.

Segundo Bernadete Coury, a Caixa está esperando apenas a análise do decreto de calamidade pública do Acre, no Ministério da Integração, para colocar em prática o projeto de liberação do FGTS. Ainda assim, perante o decreto de emergência em Rio Branco, junto à cheia do Rio Acre, a liberação do FGTS para famílias atingidas pelas águas já deve acontecer no próximo dia 22.

Tião Viana agradeceu imensamente o esforço da instituição e soube pela superintendente regional, Bernadete Coury, que assim como o Banco do Brasil, a Caixa já paralisou a cobrança de consignação em folha para servidores públicos por 120 dias a partir de abril. O banco também está preparando uma linha de crédito especial para os empresários acreanos, principalmente os atingidos pela cheia. Bernadete recomenda que os empresários procurem a Caixa. Entre as possibilidades estão empréstimos com até 12 meses de carência e 60 para pagar.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *