Caso Padre Paolino: Produtor rural protesta com um burro amarrado na coluna da igreja

burro padre 2Agricultor de Sena Madureira saiu em apoio ao Padre Paolino com um protesto inusitado, que chamou muito atenção de populares que passavam na Avenida Avelino Chaves, em frente à Igreja Católica. O produtor rural que não quis se identificar, amarrou um burro em um coluna da igreja minutos antes do horário de saída do Padre Paolino para a sua Ave Maria desta segunda-feira(31) por volta das 17:30 horas.

A intenção do produtor rural era disponibilizar um meio de transporte para que o vigário venha se locomover para realizar o seu trabalho religioso. “fiquei sabendo que o padre Paolino foi multado e proibido de andar de carro, o jeito agora é andar de animal, por isso coloco a disposição dele um animal manso e selado, pronto para ele andar” Afirmou.

Depois da Igreja católica o agricultor levou o animal até a Rádio Difusora para que o padre pudesse voltar para a igreja. “Agradeço a manifestação de apoio, mais não tenho mais idade pra isso, já andei muito nos seringais das margens dos rios para o centro dos seringais” Afirmou Paolino.

burro padrePadre Paolino é acusado de ter contribuído diretamente para a colisão de veículos, na Avenida Brasil próximo a Rádio Difusora quando saia do Programa da Ave Maria, em Sena Madureira. A sentença é o valor de R$ 11.311,78 e o padre Paolino foi condenado no processo a pagar 75% desse valor sendo penalizado em R$ 8.483,76.

Muitos populares do município demonstraram  revolta
com a decisão judicial.

 

 

 

Informações portal Sorriso Show

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *